x


Netinho sem limite


LETRA DAS MÚSICAS

- Milla

(Manno Góes / Tuca Fernandes)


Ô Milla
Mil e uma noites de amor com você
Na praia, num barco, no farol apagado
Num moinho abandonado, em Mar Grande, alto astral
Lá em Hollywood pra de tudo rolar
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar
Eu e você
Na ilha do sol
Na ilha do sol

Tudo começou
Há um tempo atrás
Na ilha do sol
O destino te mandou de volta
Para o meu cais

No coração ficou
Lembranças de nós dois
Como ferida aberta
Como tatuagem

Ô Milla
Mil e uma noites de amor com você
Na praia, num barco, no farol apagado
Num moinho abandonado, em Mar Grande, alto astral
Lá em Hollywood pra de tudo rolar
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar
Eu e você
Na ilha do sol
Na ilha do sol

- Capricho dos Deuses

(Jauperi / Jorge Zarath)


Numa noite de lua
Uma estrela da rua
Veio pra me iluminar

Numa noite tão quente
Seu amor diferente
Veio pra me devorar

Foi capricho dos deuses
Renascer da paixão
Foi amor diferente
Ardente como um vulcão

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou
E sendo assim
Pétala, flor do meu jardim
Que já não vá
Meu canto solto pelo ar

Então verás
Que não és mais
Oh! Pobre coração
Mar de ilusão
Sonho e paixão
Levanta a sua mão e vem

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou
E vem cantarolar

- Total

(Jorge Zarath / Dito / Versão em português: Claudio Rabello)


Total
Que me importa se duvidas
Que era bem melhor a vida
Quando tu não existias

Total
Bateu na porta o destino
Me levou por um caminho
Que eu não pude escolher

A ti, prefiro uma cerveja
A ti, amigos numa mesa
A ti, brindemos juntos
O fracasso desse amor

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Voltar aos teus braços, jamais!

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Provar os teus beijos, jamais!

- Menina

(Paulinho Nogueira)


Menina
Que um dia eu conheci criança
Me aparece assim, de repente
Linda, virou mulher
Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

Lembro a menina feia
Tão acanhada e de pés no chão
Hoje maliciosa, guarda um segredo em seu coração
Seu coração

Menina
Que tantas vezes fiz chorar
Achando graça quando ela dizia
Quando crescer vou casar com você

Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

- Garotas do Brasil

(Carlos Henrique Ludwid / Luca Pedrabom / Ricardo Engels Garay / Mauricio Vieira)


Garota colorida, tão cheia de vida
Que não cabe no país
Costas de felina, seios de menina
Boca fresca de anis
É tanta mistura, é tanta beleza
Da mais pura que eu tenho certeza
Ginga de mulata, cabelos de gata
Beijos de avelã
Corpo de sereia desfilando na areia
Desejos de maçã
É tanta mistura, é tanta beleza
Da mais pura que eu tenho certeza

As garotas do Brasil já não cabem no planeta 
As garotas do Brasil já não cabem no planeta 

- Beijo na boca

(João Guimarães / George Dias)


Foi sem querer que eu beijei a sua boca
Menina tão louca
Eu quero te beijar
Beijo na boca
Seu corpo no meu, suado
Tem sabor de pecado
Com jeito de bem-me-quer

Todo dia de festa na Bahia
E o trio irradia alegria
O farol ilumina Salvador, êo, êo
Todo dia é festa em Salvador, êo, êo
O farol ilumina Salvador, êo, êo
Todo dia é festa em Salvador, êo, êo
Suor, suingue maneiro, pecado e amor

- Preciso de você

(Gigi / Carlinhos Boca)


Fui atrás do que restou
Foi tão belo o nosso amor
Eu não creio
Que tudo acabou

Tenho um mundo pra te dar
E um brilho no olhar tão sincero
Vem viver comigo
Tudo que eu sempre quis
Foi te fazer feliz
Traduzir o melhor do amor
Vou tão longe pra buscar
Algo só pra te satisfazer
As estrelas do céu
De Saturno, o anel
Até as ondas do mar
Tente me compreender
Só terei total prazer contigo

Preciso de você
Sentir o seu calor
E a sua companhia
Quando você chegar
Eu quero te mostrar
A minha alegria
Aí meu coração
Vai poder sossegar

- Barracos (Escombros)

(Tenison Del Rey)


Pra quem mora lá no morro
Pra quem vive nas encostas
Onde o diabo faz fogo
Pra onde Deus virou as costas
Pra quem vive na surdina
Onde a luz não ilumina
Onde a morte começa
Aonde a vida termina

Esse barraco vai cair
Eu não me canso de avisar
Ele não tem alvenaria
Não tem coluna pra apoiar
Ah, eu não quero ver o dia
Dessa zorra desabar

Pra quem vive nos escombros
Sem poesia e sem paixão
Sem mel, sem céu, sem sonho
Com o coração na mão

Pra quem tá no fim da fila
Tá num beco sem saída
Tá perdendo a graça
Tá ganhando mais ferida

Esse barraco vai cair
Eu não me canso de avisar
Ele não tem alvenaria
Não tem coluna pra apoiar
Ah, eu não quero ver o dia
Dessa zorra desabar

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, vai desabar
Ô, ô, ô, ô, ô, ô, não dá pra viver lá

- Gostoso demais

(Dominguinhos)


Tô com saudade de tu, meu desejo
Tô com saudade do beijo e do mel
Do teu olhar carinhoso
Do teu abraço gostoso
De passear no teu céu

É tão difícil ficar sem você
O teu amor é gostoso demais
Teu cheiro me dá prazer
Quando estou com você
Estou nos braços da paz

Pensamento viaja
E vai buscar meu bem querer
Não posso ser feliz assim
Tem dó de mim
Que é que eu posso fazer?

- A vida é festa

(Dito)


Amor, quero sentir o teu perfume
Amor, quero curtir felicidade
Amor, eu quero sentir se tem ciúme
Amor, quero viver na amizade
A vida é festa
É alegria
Deixa a tristeza de lado
E vem me abraçar
O que nos resta é fantasia
Temos sossego, chamego delícia e luar

Kê, kê, kê, ô estrela do amor
Ê, ah, vem me iluminar
A felicidade da gente 
É uma semente plantada no olhar

Kê, kê, kê, ô estrela do amor 
Ê, ah, é sol de verão
É o som de mil tambores batendo gostoso
Em seu coração

- Prefixo de verão | We are the world of carnaval | Um frevo novo

((Beto Silva) | (Nizan Guanaes) | Caetano Veloso) )


Prefixo de verão
(Beto Silva)

Aê, aê, aê, aê
Ei, ei, ei, ei
Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô

Quando você chegar
Quando você chegar
Quando você chegar
Numa nova estação
Te espero no verão

Salve Salvador
Me bato e me quebro tudo por amor
Eu sou do Pelô
O negro é raça, é fruto do amor

We are the world of Carnaval
(Nizan Guanaes) 

Ah, que bom você chegou
Bem-vindo a Salvador
Coração do Brasil 
Vem, você vai conhecer
A cidade de luz e prazer
Correndo atrás do trio

Cai compreender que o baiano é
Um povo a mais de mil
Ele tem Deus no seu coração 
E o diabo no quadril

We are carnaval
We are, we are folia
We are, we are the world of carnaval
We are Bahia

Um frevo novo
(Caetano Veloso)

A praça Castro Alves é do povo
Como o céu é do avião
Um frevo novo, um frevo novo, um frevo novo
Todo mundo na praça 
Manda a gente sem graça pro salão 

Mete o cotovelo
E vai abrindo o caminho
Pegue no meu cabelo
Pra não se perder
E terminar sozinho

O tempo passa
Mas na raça eu chego lá
É aqui nessa praça
Que tudo vai ter que pintar

- Fim de semana

(Tenison Del Rey / Paulo Vascon)


Fim de Semana é sexta-feira
No final do expediente
A gente enrola
A gente reza prá acabar
Bababá! Barababá!
Bababá! Barababá!...

Fim de Semana
E se Deus for brasileiro
Cinco dias foi pedreiro
Sexta-feira foi pro bar
Bababá! Barababá!
Bababá! Barababá!...

Na sexta à noite
Na birita da esquina
Lá passa a vida
Passa as pernas da menina
É na moleza da conversa
Não se sabe onde começa
Nem onde termina...

Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

Acordo o sábado
Comigo acordo o sol
Acorda a mãe, acorda a tia
Acorda mano, acorda a vó
Vovovó! Vorovovó!
Vovovó! Vorovovó!...

E na bagunça do meu quarto
E na cabeça
Penso em praia
Em mulherada
Na moçada, e futebol
Bolbolbol! Boróbobol!
Bolbolbol! Boróbobol!...

E vem a chuva, vai o sol
E entristeço
E molha o chão, apaga o fogo
E o meu desejo
Queria sábado de noite
Ir pro baile
Namorando, adormecer
Sob os seus beijos...

Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

(E é domingo!)
Lelelelê! Leleleô!
(Hoje é domingo!)
Lelelelê! Leleleô!...

Tem batucada, Timbalada
Cara inchada
Meninada, parentada
Feijoada prá comer
Eu tô sem grana
Eu tô sem graça
Pendurado na praça
Amanhã, vou resolver...

(Lá vai domigo!)
Lelelelê! Leleleô!
(O meu domingo!)
Lelelelê! Leleleô!...
Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

- Indecisão

(Juninho Peralva / Alessandro Matias)


Não dá pra viver sem você
Pois a solidão já machucou demais
Quando o coração tem algo a lhe dizer
É melhor deixar rolar, voltar atrás
Você pode não perceber
Que meu sentimento é puro e verdadeiro
Mas agora diz o que eu posso fazer
Pra você se entregar de corpo inteiro

Sempre quis ter um amor amigo
Não ter mais que esconder segredos
Acabar com todo esse castigo
Que não cansa de ferir meu peito
Sua indecisão não faz sentido
Pois só vivo pra lhe dar prazer
Amar é mais que um bom motivo
Pra gente se entender

Meu bem diz que me ama
Vem ficar comigo a noite inteira
Curte essa paixão tão verdadeira
Infeliz de quem não sabe amar
Meu bem diz que me ama
Abre o coração, diz a verdade
Tudo em busca de felicidade
Porque é bom pra mim, bom pra você
Bom pra você

- Pra te ter aqui

(Manno Góes)


Me sinto tão sozinho
Por que não vem me ver
Preciso de carinho
Preciso de você
Me liga
Se liga em mim
Me diga
Se tem mesmo que ser assim

O meu coração vive na solidão
E eu te pedindo
Pra voltar pra mim
Ficar do meu lado
De rosto colado
O corpo molhado
Numa noite assim
Eu te juro
Eu te daria o mundo
Pra te ter aqui

- Ana (Joanna)

(Kool & The Gang / Versão em português: Léo Cavalcanti)


Oh, Ana
I Love you
Dá pra mim o seu amor
Ô Baby

Tente entender meu jeito de amar
Sem você não dá mais pra ficar
Perdi seu amor
Escapou da minha mão
E só o que ficou foi a solidão

Mas, onde estiver
Vou te encontrar
Com você vou me sentir tão bem
Estou aqui, vivendo sem viver
E nessa canção tem um recado pra você

Oh, Ana
I Love you
Dá pra mim o seu amor

Com você quero ficar
Quero te beijar, te acordar sorrindo
Te dar prazer, te dar carinho
E fazer amor, meu anjo lindo

Oh, Ana
I Love you
Dá pra mim o seu amor

Quando você me deixou
Meu coração sangrou de tanta dor
Eu quero mais uma chance
Não deixe morrer nosso romance

Você pode ter quem você quiser
Mas foi comigo que você se sentiu mulher
Eu quero mais, mais uma chance
Quero ter de volta o nosso romance
Com você quero ficar
Quero te beijar, te acordar sorrindo
Te dar prazer, te dar carinho
E fazer amor, meu anjo lindo

Uh, Ana
Ôôô Ana

Oh Ana
I Love you
Dá pra mim o seu amor
Ana
I Love you
Dá pra mim o seu amor

- Química perfeita (Química Perfecta) – Netinho e Banda Eva

((Peña Y Guadalupe | Versão em português Gê Alves Pinto))


Quando ela olhou não vi mais nada
Pura atração 
Quando ele sorriu, uma parada
Que tentação 
Tudo aconteceu tão de repente 
Fogaréu, veneno de serpente 
Ardendo nas minhas veias 
Botando fogo no meu sofrimento

Química perfeita
Quando os meus lábios te beijam
Química perfeita 
Reação em cadeia 
O fogo do abraço 
Me acende e faz minha cabeça

Química perfeita 
A ligação é direta 
Fórmula perfeita 
Entre loucura e paixão
A flecha de um anjo 
Me alcança e explode o meu coração 

Há muitas formas de amar 
Com a alma, como amigos, com a pele 
Quando se juntam as três
Se faz a química perfeita

Química perfeita 
Quando os meus lábios te beijam
Química perfeita 
Reação em cadeia 
O fogo do abraço 
Me acende e faz minha cabeça
Química perfeita
A ligação é direta 
Fórmula perfeita 
Entre loucura e paixão
A flecha de um anjo
Me alcança e explode o meu coração 

Quando teus lábios me beijam 
Deixando em brasa o meu peito, eu sinto
Química perfeita 
É reação em cadeia 
Quando teus lábios me beijam 
E pouco a pouco vamos perdendo o controle

Química perfeita 
Me queima
Me alcança e explode o meu coração 
Seu olhar, não vi mais nada! 
Seu sorriso, uma parada
Química perfeita
Mas que receita! 
Assim não tem outra igual

- Jeito diferente

(Gigi)


Ela chega assim tão de repente
Aparece em noite de luar
Seu corpo me encanta
Me enche de esperança
Quando a vejo começo a sonhar

Ela tem um jeito diferente
Quem a viu, jamais esquecerá
Quem me dera um dia
Pode lhe tocar
Numa dessas noites de luar

Rara pedra preciosa
Diga quando você vem
Quero ser o seu segredo
Algo muito mais além
Bela, não sei se é rainha
Sonho ou imaginação
Só sei que sua presença 
Faz bem pro meu coração

Beijar seus lábios, quem me dera!
Ôi, ôi 
Sentir seu corpo me esquentar
Ôi, ôi
Fazer amor sob as estrelas
Num caminho de areia
Na beira do mar

- Tabuada

(Paulo Vascon / Tenison Del Rey)


O nosso amor a dois 
Não tem regra de três 
É par, particular 
Chamego baianês
É love, é love, é love 
Já tirei prova dos nove 
É love, é love, é love 
Já tirei prova dos nove

Já namorei com mais de dez 
De vez, de vez 
Eu quis demais 
Multipliquei, dividi, somei
Mas descobri que o amor é tabuada 
E sem você a minha conta deu em nada 

É hoje, é hoje 
Vou mostrar pra namorada 
É hoje, é hoje
Que eu sei a tabuada 
1 com mais 1 com mais 1 
Quanto é que é? 3
2 com mais 2 com mais 2 
Quanto é que é? 6 
Mas eu com você é uma 
Você na minha, eu na sua 
Vou tomar a tabuada!
6 com mais 6? 12
Menos 2? 10
Menos 2? 8 
Com mais 1? 9
E noves fora? Nada 

7 mais 7? 14
Menos 3? 11
Com mais 4? 15
Menos 6? 9
E noves fora? Nada!

- Transas

(Nico Rezende / Paulinho Lima)


E não se conversou
Tanto vicio, tanta fuga pra saber
Se é amor
Sei que você pensa e passa e vai...
Só transas...
Faz de conta que não se quer mais
É transa e tanto faz
Quando se quer mais
A gente diz “bye, bye"
A gente quer mais
Finge que satisfaz
É moderno, é certo, eu sei que muitos querem
Essa forma de amor
Se chega perto, é certo e sem paixão 
Mas também sem dor
A gente pensa que só passa e vai...
Só transas
Faz de conta que não se ama mais
É transa e tanto faz
Quando se quer mais
A gente diz “bye, bye"
A gente quer mais
Finge que satisfaz

- Se é amor

(Tenison Del Rey / Edu Casanova)


Quero seus desejos e segredos
Escondidos no olhar
Quero estar bem dentro do seu coração 
Lembro do sorriso e do seu medo
De se apaixonar
De te ouvir cantando uma linda canção

Se é amor, eu sei
Vai me fazer sorrir
Se é amor, eu sei
Vai me fazer chorar
É um sinal, perigo 
Você pode parar
Pra mudar as regras desse jogo
Se é amor, eu sei
Vai me fazer sorrir
Se é amor, eu sei
Vai me fazer chorar
Vou te levar comigo
Pro paraíso
E o que tiver de ser, meu bem, será

- A vida não é brincadeira

(Jorge Zarath / Dito)


Linda, pele bronzeada
Dengo de menina
Charme de mulher
Gosto de te ver sorrindo
Nesse dia lindo
Diga que me quer

Santa, seu olhar me encanta
Solta essa cintura
Balança os quadris
Viva, que a vida é uma dança
Trance a sua trança
Venha ser feliz

Que a vida não é brincadeira, não 
É brincadeira, não
É brincadeira
Tristeza é coisa passageira, amor
Passageira, amor
Passageira

- Menina linda

(Gigi / Luciano Sotelino)


Ó menina linda, tão bela
Que me conquistou com o brilho desse olhar
Quero que me diga
Quero que seja sincera iô, iô, iô, iô
Diga que quer o meu amor

Você vem requebrando
E eu vou te seguindo em cada esquina
Fico te esperando
Sonhando com seu jeito de menina
E foi nessa levada
Que eu aprendi a te amar
Que eu aprendi a te amar
Que eu aprendi a te amar

Iô, iô, iô, iô diga que quer o meu amor
Iô, iô, iô, iô me abraça e me dá seu calor

- Ai que saudade d´ocê

(Vital Farias)


Não se admire se um dia
Um beija flor invadir
A porta de tua casa
Te der um beijo e partir
Foi eu quem mandei o beijo
Que é pra matar meu desejo
Faz tempo que não te vejo
Ai que saudade d'ocê

Se um dia ocê se lembrar
Escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio
Com frases dizendo assim
Faz tempo que não te vejo
Quero matar meu desejo
Te mando um monte de beijo
Ai que saudade sem fim
Ai que saudade sem fim


E se quiser recordar
Aquele nosso namoro
Quando eu ia viajar
Você caía no choro
Eu chorando pela estrada,
Mas o que eu posso fazer
Trabalhar é minha sina
Eu gosto mesmo é d'ocê


Se um dia ocê se lembrar
Escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio
Com frases dizendo assim
Faz tempo que não te vejo,
Quero matar meu desejo
Te mando um monte de beijo
Ai que saudade sem fim
Ai que saudade sem fim

E se quiser recordar
Aquele nosso namoro,
Quando eu ia viajar
Você caía no choro
Eu chorando pela estrada,
Mas o que eu posso fazer
Trabalhar é minha sina
Eu gosto mesmo é d'ocê

- Você é linda

(Caetano Veloso)


Fonte de mel
Nos olhos de gueixa
Kabuki, máscara
Choque entre o azul
E o cacho de acácias
Luz das acácias
Você é mãe do sol
A sua coisa é toda tão certa
Beleza esperta
Você me deixa a rua deserta
Quando atravessa
E não olha pra trás

Linda
E sabe viver
Você me faz feliz
Esta canção é só pra dizer
E diz

Você é linda
Mais que demais
Você é linda sim
Onda do mar do amor
Que bateu em mim

Você é forte
Dentes e músculos
Peitos e lábios
Você é forte
Letras e músicas
Todas as músicas
Que ainda hei de ouvir
No Abaeté
Areias e estrelas
Não são mais belas
Do que você
Mulher das estrelas
Mina de estrelas
Diga o que você quer

Linda
E sabe viver
Você me faz feliz
Esta canção é só pra dizer
E diz

Você é linda
Mais que demais
Você é linda sim
Onda do mar do amor
Que bateu em mim

Gosto de ver
Você no seu ritmo
Dona do carnaval
Gosto de ter
Sentir seu estilo
Ir no seu íntimo
Nunca me faça mal

Linda
Mais que demais
Você é linda sim
Onda do mar do amor
Que bateu em mim
Você é linda
E sabe viver
Você me faz feliz
Esta canção é só pra dizer
E diz

- Carta à mãe – participação especial Gilberto Gil

(Ari Claudio Cyrne | Daty Santiago)


Manda me benzer
Manda me rezar
Longe da Bahia
Manda me buscar

Mãe,
Cuida da maninha e do irmão
De tudo que deixei
Dá um beijo no pai
Manda um alô pra aquele velho pessoal
Pra moça da esquina
Pra o moleque do jornal

Se tudo correr bem
Mando lhe avisar
Em breve, muito em breve vou voltar

Manda me benzer
Manda me rezar
Longe da Bahia
Manda me buscar

Benção mãe, benção pai
Em breve, muito em breve vou voltar

- Pra sempre eu vou te amar (Against all odds – Take a look at me now)

(Phil Collins / Versão em português: Léo Cavalcanti)


Quanto tempo longe de você
A paixão ainda está em mim
O que eu quero agora é vencer
O medo de te perder
Apagar as mágoas
E os erros do passado

Você me ensinou o dom de amar
Me acolheu, me fez flutuar
Quero ouvir você dizer pra mim
Que nunca me esqueceu
E o que importa agora
É só você e eu

Então me diga agora
Pra sempre eu vou te amar
E grite bem alto que me ama
Que deseja e que me quer

Eu disse pra mim mesmo
Hoje eu sei
Pra sempre te amarei
Se adormeço, sonho com você
Delírios e prazer
Saudade que devora
Me faz enlouquecer

- Música baiana

(Gigi / Tenison Del Rey)


Se for pra balançar, amor
Me chama
É música baiana

Bate o bumbo
Gira o mundo
Quero tudo
Sob um sol
A fim de meio-dia
Na mistura
Na cintura
Na loucura
Que é da rua
Toda a sua energia

Se for pra balançar, amor
Me chama
É música baiana

Avisa, avisa, avisa
Que o trio já chegou
Aumenta, aumenta, aumenta
Esse amplificador

É hora, é hora, agora
Sol, fá, mi, ré, dó
Essa canção que a gente já sabe de cor

Quero ver você dançando 
Levante a mão 
Pra sentir felicidade no coração 

- Totalmente

(Álvaro Socci / Claudio Matta)


Eu vi você passar, não ia chegar
Odeio a sensação de levar um não 
Não sou muito de papo, isso me dá no saco
É pagação de mico
Mas se não ficar se achando
Nem ficar no comando
Então, vem cá que eu digo

Você é totalmente
Pegável, ficável
Você é totalmente
Enlouquecível
Você é totalmente
Beijável, transável
Você é totalmente
Endurecível

Você dá pra ficar, dá pra se amarrar
E me faz esquecer o que é pra fazer
Veja, você arrebenta
Mas se ficar marrenta, eu vou parar contigo
Mas se não ficar se achando
Nem ficar no comando 
Então, vem cá que eu digo

Me gusta el calor de tu cuerpo
Me gusta el sabor de tus labios 
Qué rica, qué saborosa!

- Estrela primeira (Amor eu fico)

(Jauperi / Pierre Onassis)


Reluz do meu ser
A fonte mais pura do viver
Será que é ilusão
As batidas do meu coração
Pairando no ar
Toda sapiência de um ser
Oh, meu bem não vá
Pois no meu eu está você

Amor eu fico
Nesse balanço você baila comigo
Amor, eu fico

Custei te encontrar
Estrela primeira do meu céu
Princesa tu és
Revela o teu rosto, tira o véu

Custei te encontrar
Num despertar puro e encantador
Te espero amanhã
Te encontro lá em São Salvador

Amor, eu fico
Nesse balanço você baila comigo

Tô na varanda, amor
Me pega nos braços
Me leva pra cama que eu vou

- O Surdato ´Nnammurato

(A. Califano / E. Canni)


Steje luntana da stu core
E a te volo cu´ ´o penziero
Niente voglio e niente spero
Ca tenerte sempe affianco a me!
Si´ sicura e chist´ammore
Commi´i só sicuro e te . . .

Oje vita, oje vita mia
Oje core ´e chistu core
Si´ stata o primm´ammore
´O primmo e ll´ultimo sarraje pe´ me!

Quanta notte nun te veco
Nun te sento int´a sti braccia
Nun te vaso chesta faccia
Nun t´astregno forte mbraccia a me
Ma scetànnome ´a sti suonn
Mme faje chiagnere pé te . . .

Oje vita, oje vita mia
Oje core ´e chistu core
Si´ stata o primm´ammore
´O primmo e ll´ultimo sarraje pe´ me!

Scrive sempé e sta cuntenta:
Io nun penso Che a te sola!
Nun penziero mme cunzola:
Ca tu pienze sulamente a me . . .
´A cchiù bella ´e tutte ´e belle
Nun è maje cchiù bella é te!