x


Novo Millennium Netinho


LETRA DAS MÚSICAS

- Capricho dos Deuses

(Jauperi / Jorge Zarath)


Numa noite de lua
Uma estrela da rua
Veio pra me iluminar
Numa noite tão quente
Seu amor diferente
Veio pra me devorar

Foi capricho dos deuses
Renascer da paixão
Foi amor diferente
Ardente como um vulcão

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou

E sendo assim
Pétala, flor do meu jardim
Que já não vá
Meu canto solto pelo ar

Então verás
Que não és mais
Oh! Pobre coração
Mar de ilusão
Sonho e paixão
Levanta a sua mão e vem

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou
E vem cantarolar

- Sandra

(Gilberto Gil)


Maria Aparecida
Porque apareceu na vida
Maria Sebastiana
Porque Deus fez tão bonita
Maria de Lourdes
Porque me pediu uma 
Canção prá ela
Carmesita porque ela sussurrou 
Seja bem-vindo (ao meu ouvido)
Na primeira noite
Quando nós chegamos no hospício
E lá e Lais
Porque quis me ver
E foi lá no hospício
Salete fez chafé
Que é um chá de café que eu gosto
E naquela semana tomar chafé foi um vício
Andréia na estréia
No segundo dia 
Meus laços de fita
E Cíntia
Porque embora choque
Rosa é cor bonita
E Ana porque parece uma cigana da ilha
Dulcina porque
É santa, 
É uma santa e me beijou na boca
Azul porque azul é cor 
E cor é feminina
Eu sou tão inseguro 
Porque o muro é muito alto
E prá dar um salto
Me amarro na torre no alto da montanha
Amarradão na torre dá prá ir pro mundo inteiro
E onde quer que eu vá no mundo eu vejo a minha torre
É só balançar
Que a corda me leva de volta prá ela

Sandra, Sandrinha

- Amor verdadeiro

(Gigi)


Voltei prá te mostrar que sou
Seu verdadeiro amor
Que ainda mora em mim
Voltei, porque ainda te quero
E tudo que eu mais quero
É te fazer feliz
Tentei, 
Mas não consigo viver longe de você
É impossível te olhar sem te querer
Abre a porta e me deixa entrar
Eu sei, você também ainda está pensando em mim
Pois um amor tão lindo não se acaba assim
Tudo que é bom tem que voltar
Eu quero é ter você comigo
Ser seu amor, ser seu amigo
Pois com você eu tenho tudo
Deixa eu de novo 
Fazer parte do seu mundo

- Milla (ao vivo)

(Manno Góes / Tuca Fernandes)


Ô Milla
Mil e uma noites de amor com você
Na praia, num barco, no farol apagado
Num moinho abandonado, em Mar Grande, alto astral
Lá em Hollywood pra de tudo rolar
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar
Eu e você
Na ilha do sol
Na ilha do sol

Tudo começou
Há um tempo atrás
Na ilha do sol
O destino te mandou de volta
Para o meu cais

No coração ficou
Lembranças de nós dois
Como ferida aberta
Como tatuagem

Ô Milla
Mil e uma noites de amor com você
Na praia, num barco, no farol apagado
Num moinho abandonado, em Mar Grande, alto astral
Lá em Hollywood pra de tudo rolar
Vendo estrelas caindo, vendo a noite passar
Eu e você
Na ilha do sol
Na ilha do sol

- Barracos (Escombros)

(Tenison Del Rey)


Pra quem mora lá no morro
Pra quem vive nas encostas
Onde o diabo faz fogo
Pra onde Deus virou as costas
Pra quem vive na surdina
Onde a luz não ilumina
Onde a morte começa
Aonde a vida termina

Esse barraco vai cair
Eu não me canso de avisar
Ele não tem alvenaria
Não tem coluna pra apoiar
Ah, eu não quero ver o dia
Dessa zorra desabar

Pra quem vive nos escombros
Sem poesia e sem paixão
Sem mel, sem céu, sem sonho
Com o coração na mão

Pra quem tá no fim da fila
Tá num beco sem saída
Tá perdendo a graça
Tá ganhando mais ferida

Esse barraco vai cair
Eu não me canso de avisar
Ele não tem alvenaria
Não tem coluna pra apoiar
Ah, eu não quero ver o dia
Dessa zorra desabar

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, vai desabar
Ô, ô, ô, ô, ô, ô, não dá pra viver lá

- A vida não é brincadeira

(Jorge Zarath / Dito)


Linda, pele bronzeada
Dengo de menina
Charme de mulher
Gosto de te ver sorrindo
Nesse dia lindo
Diga que me quer

Santa, seu olhar me encanta
Solta essa cintura
Balança os quadris
Viva, que a vida é uma dança
Trance a sua trança
Venha ser feliz

Que a vida não é brincadeira, não 
É brincadeira, não
É brincadeira
Tristeza é coisa passageira, amor
Passageira, amor
Passageira

- Pra te ter aqui

(Manno Góes)


Me sinto tão sozinho
Por que não vem me ver
Preciso de carinho
Preciso de você
Me liga
Se liga em mim
Me diga
Se tem mesmo que ser assim

O meu coração vive na solidão
E eu te pedindo
Pra voltar pra mim
Ficar do meu lado
De rosto colado
O corpo molhado
Numa noite assim
Eu te juro
Eu te daria o mundo
Pra te ter aqui

- Aconteceu

(Gigi)


Aconteceu, você virou paixão 
Bateu os tambores do meu coração
Você chegou e me deixou no chão
Quando estou contigo
Perco a razão

Tenho tantos segredos
Pra te contar
E uma coisa linda para te dar
Amor ô ô ô amor

Seus olhos refletem
A cor do verão
Pra mim você é a mais bela canção
De amor ô ô ô de amor

Tudo o que é perfeito
Lembra você
Seu corpo, seu jeito me dão prazer
E amor ô ô ô e amor

E quando me beija
Fico a sonhar
Penso em mil maneiras 
Pra te falar
De amor ô ô ô de amor

- Música baiana

(Gigi / Tenison Del Rey)


Se for pra balançar, amor
Me chama
É música baiana

Bate o bumbo
Gira o mundo
Quero tudo
Sob um sol
A fim de meio-dia
Na mistura
Na cintura
Na loucura
Que é da rua
Toda a sua energia

Se for pra balançar, amor
Me chama
É música baiana

Avisa, avisa, avisa
Que o trio já chegou
Aumenta, aumenta, aumenta
Esse amplificador

É hora, é hora, agora
Sol, fá, mi, ré, dó
Essa canção que a gente já sabe de cor

Quero ver você dançando 
Levante a mão 
Pra sentir felicidade no coração 

- Fim de semana

(Tenison Del Rey / Paulo Vascon)


Fim de Semana é sexta-feira
No final do expediente
A gente enrola
A gente reza prá acabar
Bababá! Barababá!
Bababá! Barababá!...

Fim de Semana
E se Deus for brasileiro
Cinco dias foi pedreiro
Sexta-feira foi pro bar
Bababá! Barababá!
Bababá! Barababá!...

Na sexta à noite
Na birita da esquina
Lá passa a vida
Passa as pernas da menina
É na moleza da conversa
Não se sabe onde começa
Nem onde termina...

Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

Acordo o sábado
Comigo acordo o sol
Acorda a mãe, acorda a tia
Acorda mano, acorda a vó
Vovovó! Vorovovó!
Vovovó! Vorovovó!...

E na bagunça do meu quarto
E na cabeça
Penso em praia
Em mulherada
Na moçada, e futebol
Bolbolbol! Boróbobol!
Bolbolbol! Boróbobol!...

E vem a chuva, vai o sol
E entristeço
E molha o chão, apaga o fogo
E o meu desejo
Queria sábado de noite
Ir pro baile
Namorando, adormecer
Sob os seus beijos...

Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

(E é domingo!)
Lelelelê! Leleleô!
(Hoje é domingo!)
Lelelelê! Leleleô!...

Tem batucada, Timbalada
Cara inchada
Meninada, parentada
Feijoada prá comer
Eu tô sem grana
Eu tô sem graça
Pendurado na praça
Amanhã, vou resolver...

(Lá vai domigo!)
Lelelelê! Leleleô!
(O meu domingo!)
Lelelelê! Leleleô!...
Mas não tem nada não
Só tá começando
O Fim de Semana
O meu descanso
E a curtição

- Nas asas do avião

(Zé Luiz / Faridi)


Você passou
Eu embarquei nas asas do seu avião 
Peguei carona dentro do seu coração 
Como eu queria ficar perto de você

E viajar
O mundo inteiro aonde você me levar
Pra ir na lua, eu nem saio do lugar
Basta lembrar do beijo que você me deu
E como pousar nas estrelas
Montar na cauda de um cometa
Entrar numa nave e seguir pra outro planeta
E nessa viagem contigo eu vou
Nos becos e ruas de Salvador
Eu quero estar é do seu lado minha vida inteira

Eu vou ficar, ah, ah
Esperando você, ê, ê
Quando você chegar
Não vou mais te perder

- Beijo na boca

(João Guimarães / George Dias)


Foi sem querer que eu beijei a sua boca
Menina tão louca
Eu quero te beijar
Beijo na boca
Seu corpo no meu, suado
Tem sabor de pecado
Com jeito de bem-me-quer

Todo dia de festa na Bahia
E o trio irradia alegria
O farol ilumina Salvador, êo, êo
Todo dia é festa em Salvador, êo, êo
O farol ilumina Salvador, êo, êo
Todo dia é festa em Salvador, êo, êo
Suor, suingue maneiro, pecado e amor

- Indecisão

(Juninho Peralva / Alessandro Matias)


Não dá pra viver sem você
Pois a solidão já machucou demais
Quando o coração tem algo a lhe dizer
É melhor deixar rolar, voltar atrás
Você pode não perceber
Que meu sentimento é puro e verdadeiro
Mas agora diz o que eu posso fazer
Pra você se entregar de corpo inteiro

Sempre quis ter um amor amigo
Não ter mais que esconder segredos
Acabar com todo esse castigo
Que não cansa de ferir meu peito
Sua indecisão não faz sentido
Pois só vivo pra lhe dar prazer
Amar é mais que um bom motivo
Pra gente se entender

Meu bem diz que me ama
Vem ficar comigo a noite inteira
Curte essa paixão tão verdadeira
Infeliz de quem não sabe amar
Meu bem diz que me ama
Abre o coração, diz a verdade
Tudo em busca de felicidade
Porque é bom pra mim, bom pra você
Bom pra você

- A vida é festa

(Dito)


Amor, quero sentir o teu perfume
Amor, quero curtir felicidade
Amor, eu quero sentir se tem ciúme
Amor, quero viver na amizade

A vida é festa
É alegria
Deixa a tristeza de lado
E vem me abraçar
O que nos resta é fantasia
Temos sossego, chamego delícia e luar

Kê, kê, kê, ô estrela do amor
Ê, ah, vem me iluminar
A felicidade da gente 
É uma semente plantada no olhar

Kê, kê, kê, ô estrela do amor 
Ê, ah, é sol de verão
É o som de mil tambores batendo gostoso
Em seu coração

- Pra sempre eu vou te amar (Against all odds – Take a look at me now)

(Phil Collins / Versão em português: Léo Cavalcanti)


Quanto tempo longe de você
A paixão ainda está em mim
O que eu quero agora é vencer
O medo de te perder
Apagar as mágoas
E os erros do passado

Você me ensinou o dom de amar
Me acolheu, me fez flutuar
Quero ouvir você dizer pra mim
Que nunca me esqueceu
E o que importa agora
É só você e eu

Então me diga agora
Pra sempre eu vou te amar
E grite bem alto que me ama
Que deseja e que me quer

Eu disse pra mim mesmo
Hoje eu sei
Pra sempre te amarei
Se adormeço, sonho com você
Delírios e prazer
Saudade que devora
Me faz enlouquecer

- Total

(Jorge Zarath / Dito / Versão em português: Claudio Rabello)


Total
Que me importa se duvidas
Que era bem melhor a vida
Quando tu não existias

Total
Bateu na porta o destino
Me levou por um caminho
Que eu não pude escolher

A ti, prefiro uma cerveja
A ti, amigos numa mesa
A ti, brindemos juntos
O fracasso desse amor

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Voltar aos teus braços, jamais!

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Provar os teus beijos, jamais!

- O Surdato ´Nnammurato

(A. Califano / E. Canni)


Steje luntana da stu core
E a te volo cu´ ´o penziero
Niente voglio e niente spero
Ca tenerte sempe affianco a me!
Si´ sicura e chist´ammore
Commi´i só sicuro e te . . .

Oje vita, oje vita mia
Oje core ´e chistu core
Si´ stata o primm´ammore
´O primmo e ll´ultimo sarraje pe´ me!

Quanta notte nun te veco
Nun te sento int´a sti braccia
Nun te vaso chesta faccia
Nun t´astregno forte mbraccia a me
Ma scetànnome ´a sti suonn
Mme faje chiagnere pé te . . .

Oje vita, oje vita mia
Oje core ´e chistu core
Si´ stata o primm´ammore
´O primmo e ll´ultimo sarraje pe´ me!

Scrive sempé e sta cuntenta:
Io nun penso Che a te sola!
Nun penziero mme cunzola:
Ca tu pienze sulamente a me . . .
´A cchiù bella ´e tutte ´e belle
Nun è maje cchiù bella é te!

- Menina

(Paulinho Nogueira)


Menina
Que um dia eu conheci criança
Me aparece assim, de repente
Linda, virou mulher
Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

Lembro a menina feia
Tão acanhada e de pés no chão
Hoje maliciosa, guarda um segredo em seu coração
Seu coração

Menina
Que tantas vezes fiz chorar
Achando graça quando ela dizia
Quando crescer vou casar com você

Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

- Tabuada

(Paulo Vascon / Tenison Del Rey)


O nosso amor a dois 
Não tem regra de três 
É par, particular 
Chamego baianês
É love, é love, é love 
Já tirei prova dos nove 
É love, é love, é love 
Já tirei prova dos nove

Já namorei com mais de dez 
De vez, de vez 
Eu quis demais 
Multipliquei, dividi, somei
Mas descobri que o amor é tabuada 
E sem você a minha conta deu em nada 

É hoje, é hoje 
Vou mostrar pra namorada 
É hoje, é hoje
Que eu sei a tabuada 
1 com mais 1 com mais 1 
Quanto é que é? 3
2 com mais 2 com mais 2 
Quanto é que é? 6 
Mas eu com você é uma 
Você na minha, eu na sua 
Vou tomar a tabuada!
6 com mais 6? 12
Menos 2? 10
Menos 2? 8 
Com mais 1? 9
E noves fora? Nada 

7 mais 7? 14
Menos 3? 11
Com mais 4? 15
Menos 6? 9
E noves fora? Nada!

- Estrela primeira (Amor eu fico)

(Jauperi / Pierre Onassis)


Reluz do meu ser
A fonte mais pura do viver
Será que é ilusão
As batidas do meu coração
Pairando no ar
Toda sapiência de um ser
Oh, meu bem não vá
Pois no meu eu está você

Amor eu fico
Nesse balanço você baila comigo
Amor, eu fico

Custei te encontrar
Estrela primeira do meu céu
Princesa tu és
Revela o teu rosto, tira o véu

Custei te encontrar
Num despertar puro e encantador
Te espero amanhã
Te encontro lá em São Salvador

Amor, eu fico
Nesse balanço você baila comigo

Tô na varanda, amor
Me pega nos braços
Me leva pra cama que eu vou