x


RELEASE

Netinho é o filho da Bahia que alça suas asas definitivamente para conquistar seu espaço já reservado na música nacional. O mesmo capitão que levou uma das principais bandas de música baiana pelas marés do sucesso, e que deu um Beijo eterno na MPB, aporta nas mãos habilidosas do produtor Guto Graça Mello para seu primeiro disco solo. Um disco onde a imaginação alada de Netinho se encontra com as raízes do chão baiano da sua música.

Um beijo pra você, gravado em seis estúdios diferentes do eixo Rio-São Paulo, tem 13 contagiantes faixas e chega para marcar a estréia do cantor como carreira solo. Uma estréia que já vem embebida daquele gostinho de festa que começou desde os tempos da Banda Beijo, e que agora toma conta do país inteiro. Netinho capricha e estoura o Brasil em musicalidade, talento e esforço já conhecidos. Um artista que agora segue seu caminho sobre seus próprios pés. E que quer colocar os pés de todo o mundo para dançar. Um beijo para todos nós!

CRÉDITOS DO ÁLBUM
Produção: Guto Graça Melo
Direção Artística: Max Pierre
Ano: 1993

FAIXAS
1. Capricho dos Deuses
2. Raça
3. Menina
4. Carta à mãe – participação Gilberto Gil
5. Total
6. Reggae das ruas
7. Por que tudo acabou
8. Sereia
9. Dia de festa
10. Desejo
11. Beija-me
12. Diamante
13. Total (versão espanhol)


Um beijo pra você

Disco

PARA ESCUTAR AS MÚSICAS DESTE ÁLBUM

Clique aqui


LETRA DAS MÚSICAS

- Capricho dos Deuses

(Jauperi / Jorge Zarath)


Numa noite de lua
Uma estrela da rua
Veio pra me iluminar

Numa noite tão quente
Teu amor diferente
Veio pra me devorar

Foi capricho dos deuses
Renascer da paixão
Foi amor diferente
Ardente como um vulcão

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou

E sendo assim
Pétala, flor do meu jardim
Que já não vá
Meu canto solto pelo ar

Então verás
Que não és mais
Oh! Pobre coração
Mar de ilusão
Sonho e paixão
Levanta a sua mão e vem

Ginga no suingue, no balanço
Nesse balanceiro, amor
Joga teu feitiço, teu encanto
Vem aqui, me conquistou
E vem cantarolar

- Raça

(João Guimarães)


Viver na terra do amor
Onde o luar é diferente
E o cintilar da raça e cor
Ta no sangue dessa gente

Se viveu, se lutou e entendeu
Que agora é diferente
Que agora é diferente

Eu olho e vejo por aí
Todo o mistério dessa gente
Que dança, mexe, ginga e faz
Um mundo diferente

E o amor, ficará
Na lembrança
Desse povo trazido da África
Desse povo trazido da África

Aportou em Salvador
A primeira Capital do Brasil
E o povo que se uniu
Com gritos a clamar
Começou a despertar, por que?

- Menina

(Paulinho Nogueira)


Menina
Que um dia eu conheci criança
Me aparece assim, de repente
Linda, virou mulher
Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

Lembro a menina feia
Tão acanhada e de pés no chão
Hoje maliciosa, guarda segredo em seu coração
Seu coração

Menina
Que tantas vezes fiz chorar
Achando graça quando ela dizia
Quando crescer vou casar com você

Menina
Como pude te amar agora
Te carreguei no colo, menina
Cantei pra te dormir

- Carta à mãe

(Ari Claudio Cyrne | Daty Santiago)


Manda me benzer
Manda me rezar
Longe da Bahia
Manda me buscar

Mãe,
Cuida da maninha e do irmão
De tudo que deixei
Dá um beijo no pai
Manda um alô pra aquele velho pessoal
Pra moça da esquina
Pra o moleque do jornal

Se tudo correr bem
Mando lhe avisar
Em breve, muito em breve vou voltar

Manda me benzer
Manda me rezar
Longe da Bahia
Manda me buscar

Benção mãe, benção pai
Em breve, muito em breve vou voltar

- Total

(Jorge Zarath / Dito / Versão em português: Claudio Rabelo)


Total
Que me importa se duvidas
Que era bem melhor a vida
Quando tu não existias

Total
Bateu na porta o destino
Me levou por um caminho
Que eu não pude escolher

A ti, prefiro uma cerveja
A ti, amigos numa mesa
A ti, brindemos juntos
O fracasso desse amor

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Voltar aos teus braços, jamais!

Que me importa se duvidas
Total, total
Que me importa se já vais
Total, total
Será bem melhor a vida
Provar os teus beijos, jamais!

- Reggae das ruas

(Tenison Del Rey)


Ôôôôôô
Cantar reggae todo dia
Ôôôôôô
Pelas ruas da Bahia

E são meninos, meninas
Os homens, mulheres
Batuque, balanço na esquina
Batendo o tambor
Na palma da mão
É festa, é bagunça na vida
Nessa cidade de cantos e preces
A vida aparece coberta com um véu
Subo a colina da casa dos anjos
Pra cantar meu reggae 
Mais perto do céu

Diz, diz que é brincadeira
Diz, diz que é brincadeira
Eu fiz patuá e prenda
O suor que percebo o teu corpo
Essa ginga, essa dança, esse jogo

- Por que tudo acabou?

(Carlinhos Boca / Gigi)


Se um dia por acaso
Se lembrar de mim
Pode ter certeza
Que estou a lhe esperar
Lembre daqueles momentos
Que passamos juntos
O que passamos juntos
Ninguém pode apagar

Se um dia por acaso
Sonhar comigo
E acordar sentindo algo
Sem explicação
Por ser saudade
Ou um sentimento profundo
Que vem lá do fundo
Do seu coração

Achei que tudo estava certo
Podia jurar
Espero que um dia
Você possa me explicar

Por que tudo acabou?
Não podia acabar

- Sereia

(Lui Muritiba / Jorge Luiz Tavares)


Rola nas ondas outra maré
Lua regendo a flor da emoção
Bailam as fadas
Lindo balé
E eu vou de Ijexá
Poesia e paixão

Sereia, gente mexendo com a gente
Meio cabocla, menina indecente
De todas, uma
É o meu desejo
Bailando em meu coração
Gostoso desejo

Eu navego sonhando em teu leito
Você canta pra me encantar
Vem, me chama de amor, me deleito
No balanço das ondas do mar

Eu vou
Eu vou amor, eu vou
Eu vou
Sereia

- Dia de festa

(Carlos Neto / Edmundo Caruso)


É dia de festa e prazer
De mexer na fantasia, Iaiá
Chama todo mundo pra ver
A galera da folia

E quando o poeta desperta o sol
É tudo alegria
E a mão da nobreza desata o nó
Da poesia
Toda certeza caiu no pó
Vida vadia
E diga poeta o que o povo quer
Democracia, Iaiá

Um prato pra comer
E água pra beber
Dinheiro pra gastar
Um som pra festejar
O corpo pra aquecer
E a alma pra lavar

Invade
Dia e noite, noite e dia
Invade os amores da Bahia

- Desejo

(Gigi)


Preciso te falar agora
Preciso de você
Não tente se esconder agora
Vai ter que me entender

Sabe aquele beijo que você me deu
Quase me matou de tanto desejo
E quando seu corpo
Se juntou com o meu
Pude perceber que perdi
O medo de me apaixonar

Ô ô, ah, ah, preciso te falar
Ô ô, ah, ah, não dá pra esperar

Passei muito tempo pra compreender
Que a verdade está por trás do desejo
Tudo o que eu quero é te convencer
Que gosto de você
E perdi o medo de me apaixonar

- Beija-me

(Jauperi)


Beija-me
Perdoa toda dor que fiz sentir
Jura que não deixa de sorrir pra mim
Joga-me bem fundo no seu coração
Pra que eu seja feliz, bem mais feliz
Do que se quis, quiser um dia então

Beija-me
Conduza-me a belos coqueirais
Jura então que não me esquecerás jamais
Oh, musa sedutora, oh, minha paixão
Pra que eu seja feliz, bem mais feliz
Do que se quis, quiser um dia então

Atira-me de forma forte
E vai cortando-me de sul a norte
E deixa então fluir
Aquele amor
Que já não falas mais
Que já não cantas mais
Que já não choras 
E não pedes mais por ti

- Diamante

(Vevé Calasans / Dito)


Meu Deus
Diamantes são raros demais
São eternos que nem oração
Tem a força da guerra e da paz
Meu Deus
Diamante é a gestação
É a criança que em formação
Nossa mãe natureza nos traz

Na voz
Das estrelas do nosso país
Diamante se sente feliz
Cintilando na voz da Elis
Lapidando o som
Espelhando a poesia
Amante terno, brilhante dom

Meu Deus
Diamante é o som de Caymmi
Que a brancura do cabelo exprime
O segredo das ondas do mar

Meu Deus
Diamante é um ator de cinema
Que faz do seu papel um poema
Aprendendo e ensinado a amar

Na voz
Das notícias que correm o país
Diamante é um povo feliz
Diamante quer se libertar
Diamante é o dom da verdade
Diamante é o dom do saber
Diamante é a felicidade
Diamante é saber perder
Diamante é o cego que vê
Diamante sou eu e você

- Total (em espanhol)

(Jorge Zarath / Dito)


Total
Que me importa si me olvidas
Era mas buena la vida
Quando tu no existias

Total
Que me importa si el destino
Me elevo por un camino
Al cual no pude volver

A ti, prefiro una cerveza
A ti, amigos a la mesa
A ti, brindando juntos
El fracaso de un amor

Que importa si me olvidas
Total, total
Que me importa si te vas
Total, total
Sera mas buena la vida
Volver a tus brazos, jamas

Que importa si me olvidas
Total, total
Que me importa si te vas
Total, total
Sera mas buena la vida
Probar a tus besos, jamas